Lula se reuniu com dirigentes petistas (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Lula se reuniu com dirigentes petistas na segunda-feira em São Paulo (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Dirigentes do PT nacional, estadual e do Recife se reuniram, nesta segunda-feira (31), com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em São Paulo, para definir detalhes da caravana petista pelo Nordeste. Em Pernambuco, os atos serão realizados no dia 24, em Ipojuca, onde localiza-se a Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Suape, uma das bandeiras petistas na região e que sofre com a falta de investimento, e no dia 25, no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, onde há uma escultura com a família do ex-presidente.

Os petistas, todavia, estão analisando o protocolo de logística e segurança acerca da agenda em Boa Viagem. Os eventos devem ser fechados até o final de semana, visto que uma agenda tem influência na outra e na sequência dos demais estados. O giro de Lula começa no dia 17.

Os presidentes do PT Pernambuco, Bruno Ribeiro, do PT Recife, ex-vereador Osmar Ricardo, a dirigente nacional Vivian Farias e o dirigente estadual, ex-prefeito João Paulo, se reuniram com o ex-presidente Lula, com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e com outras lideranças petistas da região para construir a agenda. Além destes dois dias, Lula ficará até o início da tarde de sábado (26), quando segue para a Paraíba.

O ex-presidente aproveitará o périplo pela região para se defender da condenação do juiz Sergio Moro no âmbito da Operação Lava Jato e para embasar o discurso de pré-candidato a presidente da República. A ideia é passar por capitais, mas também pelo Interior, sobretudo, os que possuem obras da sua gestão. Em entrevista na última semana, o petista disse que iria aproveitar a viagem de ônibus para ver como “estão estragando o País”.