Marília foi pedir a benção a Lula para ser a candidata do PT em Pernambuco (Foto: Cortesia)

Com Humberto, Marília foi pedir o aval de Lula para ser a candidata do PT em Pernambuco (Foto: Cortesia)

Visando a eleição de 2018, a vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), se reuniu, nesta segunda-feira (03), com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com o senador Humberto Costa (PT), no Instituto Lula, em São Paulo. Em uma articulação do senador, a neta de Miguel Arraes foi discutir conjuntura nacional e estadual e se colocar à disposição do cacique petista para disputar o governo estadual.

Humberto Costa já havia apresentado a “estratégia Marília” a Lula há cerca de duas semanas e teria recebido o aval para continuar as conversas em torno do nome dela. A vereadora já vem gestando a candidatura desde que foi reeleita no ano passado. Entretanto, além de articular e percorrer o Estado, Marília pretende se colocar a disposição oficialmente do ex-presidente Lula e ouvir o que o cacique tem a dizer.

Apesar das incertezas na conjuntura, Lula pretende ser candidato à Presidência da República e já disse a petistas pernambucanos que gostaria de uma candidatura do partido no Estado. Diante disso, o PT pernambucano já começou nos últimos dias a falar mais abertamente sobre uma candidatura própria e, apesar de não cravar um nome, o de Marília está em alta cotação. Contudo, nada está definido por ora.

A Executiva estadual do PT, que se formou na última quarta-feira (28), se reunirá pela primeira vez nesta terça-feira (04). Além do nome dela, lideranças partidárias também são cotadas internamente como o ex-prefeito do Recife, João Paulo, a deputada estadual Teresa Leitão e o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Carlos Veras.